Na sua origem, o véu da noiva simbolizava a doçura, cobrindo-lhe o rosto e mantendo todo o ar de encantamento da noiva. Existem muitas outras tradições, histórias e explicações para o uso de véu de noiva, uma das justificativas mais conhecidas, fala sobre a virgindade da noiva, representada pelo seu véu branco.

Lembre que a escolha do véu deverá estar de acordo com o estilo do seu vestido. Quando o vestido é muito ornamentado deverá optar por um véu mais simples, ou se quiser ambos trabalhados, deverá ter atenção para que os ornamentos combinem entre si. Se escolheu um vestido simples, seja mais arrojada no véu, opte por um modelo mais trabalhado.

A escolha do penteado também é muito importante, é ele que vai permitir segurar o véu através de ganchos ou ornamentos. Lembre-se que para a “prova do cabelo” deverá levar o véu e todos os elementos que o vão compôr. Assim você terá uma idéia de como irá ficar. O véu deverá ficar bem preso, para que não surjam surpresas desagradáveis.

Na recepção, o véu deve ser retirado após a sessão de fotos, por que:

·         Você poderá cumprimentar todos os convidados, abraçar e beijar sem ficar desarrumada, puxar o penteado e tudo mais que estiver preso à cabeça;

·         O véu pode cair no seu prato e sujar;

·         Ele pode atrapalhar na hora de dançar com os convidados;

·         O véu irá impedir que os convidados vejam seu penteado, o seu vestido por completo e decote das costas.

Conheça os tipos de véu:

Tradicional
O modelo tradicional que pode ser curto, médio ou longo de camada simples ou de cascatas (estes já no comprimento curto ou médio). São feitos de tules, rendas ou tecidos finos como a musseline ou organza, pode ter um acabamento em cetim nas extremidades.

Foto: Olhar Fotografia - Vestido Lucélia Caldatto  Véu de noiva, escolha o modelo ideal. foto veudenoiva tradicional
Foto: Olhar Fotografia – Vestido Lucélia Caldatto

Mantilha
A mantilha tem a mesma função do véu, porem feito de renda inteira ou tule com um barrado de renda. Diferencia-se na maneira de se posicionar na cabeça (como é mais pesada, fica mais rente ao rosto e o corpo). Já o véu é mais leve, fica solto e esvoaçante.

A mantilha é de origem hispânica e de acordo com a tradição está associado à modéstia, humildade, pureza e juventude da noiva, podem ser adornados com tiaras ou grinaldas. A maneira ideal de usar mantilha é com um penteado todo preso, com um pouco de volume no alto da cabeça, ou um penteado meio preso.

As laterais dos véus podem ser colocadas à frente dos ombros da noiva na hora de entrar na igreja. Fica harmonioso, sofisticado e elegante.

Foto: Emerson Correa - Vestido Lucélia Caldatto  Véu de noiva, escolha o modelo ideal. foto veudenoiva matilha
Foto: Emerson Correa – Vestido Lucélia Caldatto

Bandana
É um véu todo trabalhado em renda. É preso como um lenço sobre o penteado já pronto (solto ou semi-preso), cobre a frente e o topo da cabeça. Dá um ar retrô à noiva.

Fonte: Pinterest SitedaNoiva  Véu de noiva, escolha o modelo ideal. veudenoiva estili bandana
Fonte: Pinterest SitedaNoiva

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o “véu da noiva”, use e abuse deste acessório…

Consultoria:
Lucélia Caldatto Eslilismo
www.luceliacaldatto.com.br