DECORAÇÃO

A decoração do local onde será realizada a cerimônia, devido a uma crença muito antiga de que o local onde é realizado a união entre um homem e uma mulher, é um local onde se encontra e funde as forças dos céus e da terra, daí o costume de decorar com flores o local onde é realizado esta união, não só por um questão de beleza.

Também existe algumas tradições que foram abolidas como a tradicional pergunta, proferida pelo celebrante: “Existe alguém contra esta união ? “

NOIVOS

A tradição do noivo carregar a noiva no colo na primeira noite vem de Roma, onde na núpcias a noiva é carregada para dentro do seu novo lar, por dois amigos do noivo, evitando assim que ela caísse ou viesse a machucar – se, e o noivo já deveria estar na nova casa aguardando a noiva.

LEMBRANCINHAS

O aparecimento das lembrancinhas no casamento vem de rituais de brincadeira e humor onde o noivo, ao fim da festa, cortava os cordões dos sapatos, as ligas e as fitas dos trajes e distribuía aos amigos mais próximos e íntimos.

VESTIDO DA NOIVA

Não podemos esquecer dos detalhes contidos no vestido da noiva :

– O véu significa pureza, as turcas usavam véu vermelho para espantar o mau agouro.
– O diadema significa virtude
– O bouquet significa felicidade ao novo casal
– A flor de laranjeira muito usada nas decorações significa juventude, pureza e fertilidade em uma única união.
– A cauda nos vestidos de noiva começou a ser usado somente no século 14, para diferenciar o vestido da noiva dos demais. De 1533 à 1840 usava-se trajes de noiva coloridos, em 1840 a Rainha Victoria fez presente o retorno de o traje branco à noiva. Em 1846 surgiu então o comércio de trajes de noiva. No século 15 a cor preta era muito utilizada pelas noivas na Espanha, a cor preta significava austeridade, seriedade e nobreza por parte da noiva.
– Se engana quem pensa que as noivas antigamente não utilizavam véus, apenas por observar fotos onde as mesmas encontram – se sem o véu. Acontece que antigamente era muito mais difícil fazer fotografias do grande dia, então após o casamento os noivos, residentes em vilas até mesmo rituais, seguiam até os grandes centros para fazer as fotos, às vezes meses depois, daí as noivas de fotografias antigas estarem sem o véu.

NOIVADO

Mas bem antes do casamento temos que lembrar do noivado, ele também tem seu cerimonial e sua representação. A Europa tem o noivado como tradição em seus costumes, desde antes da Idade Média. Naquela época, noivado era um contrato por escrito, sendo um dos termos o compromisso de fidelidade entre os noivos até o casamento. O costume das alianças no noivado é de origem romana. As alianças na antiga Roma para os casais de mais baixa renda era de ferro, já os bem sucedidos tinham alianças de ouro ou prata, e usava – se no dedo anular e depois de casado na mão direita.

IGREJAS

A Igreja somente tomou a frente na realização dos casamentos dentro do seu templo n século 11, até então o ritual era realizado na casa dos familiares e depois à frente das portas das Igrejas. No século 12 iniciaram os rituais de comemoração do casamento, onde podemos observar o início do costume de fazer cerimônias religiosas e festejos a seguir.

CHÁ DE PANELA

É um costume originário holandês . Sabemos de uma história onde a noiva iria casar com um pobre moleiro da aldeia, sem o consentimento do pai é claro. As pessoas da aldeia, impressionados com a união , resolveram presentear a noiva com pequenos objetos úteis no novo lar.
Uma das brincadeiras que destacamos em um chá de panela, reflete o desejo das moças solteiras de unir -se em matrimonio. Trata – se de uma brincadeira onde dos embrulhos dos presentes dado à noiva fazemos uma bola, que deve ser desmanchada embrulho por embrulho, pelas moças solteiras, a última  a retirar um papel é a próxima a casar.

Consultoria
Equipe Site da Noiva