Tradicionais, modernos, ousados ou criativos, os convites são essenciais para quem vai casar. Preparamos um guia que vai ajudar você a escolher o modelo que mais combina com seu tipo de festa.

Como escolher o modelo

Em primeiro lugar, é preciso levar em conta o grau de formalidade da cerimônia, o horário da festa e o gosto do casal. O mais importante é combinar o estilo da cerimônia e da festa com o modelo do convite. Se o casamento for bem tradicional, você deve escolher os convites mais clássicos, se for menos formal, pode optar por um modelo mais moderno.

O que escrever e não escrever

A maioria dos noivos tem muitas dúvidas sobre o que e como escrever no convite e no envelope. Por isso, preparamos uma lista que vai solucionar esse problema.

– Lembre-se de ser muito objetiva ao decidir o que escrever. Todas as informações básicas (local, endereço, data, hora, traje) tem que estar explicitas.

– Convites mais formais devem trazer o nome dos pais, o horário e a data escritos por extenso.

– Para os convites informais, não tem problema que apareça apenas o nome dos noivos convidando e a hora e a data podem estar em algarismos. Mas se isso for causar um problema na família, você pode fazer dois tipos de convite: um só com o nome dos noivos que vai para seus amigos e outro, com o nome dos pais, que vai para amigos da família e parentes.

– Se os pais do noivo ou da noiva forem separados, tudo depende da relação entre os dois. Se for boa, eles não vão achar nenhum problema que você escreva o nome do casal. Se não, é melhor não colocar nada. Nesse caso, os noivos aparecem convidando para a cerimônia.

-Apelidos e nomes incompletos não são aconselháveis. O nome dos pais tem que estar completo e se algum dos noivos tiver dois nomes (como, por exemplo, Ana Cristina), os mesmos precisam estar escritos.

-Se você quer ter uma idéia da quantidade de pessoas que vão comparecer à festa para planejar a acomodação e a comida, pode colocar um telefone para RSVP (que traduzido do francês significa responda por favor), mas nesse caso tem que ter uma pessoa e um número para receber as chamadas e fazer o controle. Os noivos mais modernos têm colocado e-mails para esse serviço.

-O nome do convidado no envelope precisa ser escrito por um calígrafo se o convite e a cerimônia forem formais. O tipo de letra pode ser escolhido conforme o gosto do casal. Peça para o calígrafo mostrar algumas opções antes de você escolher uma.

-Ao definir seus convidados, lembre-se que o Sr. e Sra. significa convidar somente o casal. Quando se escreve Sr. e família, você está convidando também os filhos solteiros e as crianças. Os filhos já casados do casal têm que receber um convite só para eles.

Que papel usar

– Para um casamento tradicional, que é realizado após as 19 horas, o convite clássico é feito em papel branco, marfim ou areia, com letras em relevo. Ocasionalmente podem ser usadas cores escuras, mais fortes, mas com muito cuidado.

– Para convites clássicos, você pode utilizar papel opaline, linho, telado ou vergê.

– As noivas mais modernas podem escolher papéis diferentes, como os artesanais e até mesmo um convite de cor forte, colorido.

– Hoje em dia existem ainda várias opções de papéis importados com brilho perolizado. Uma ótima escolha.

Atenção para alguns detalhes

– No verso do envelope você pode colocar as iniciais dos noivos, impressa em relevo.

– Para fechar o envelope, podem ser utilizados lacres ou outras peças disponíveis no mercado.

– Se você não pretende convidar todo mundo que foi à igreja para a festa, faça um convite pequeno para a recepção.

Como entregar

A entrega deve ser feita pessoalmente pelos noivos ou por seus pais. Quando os convidados são de outra cidade, é possível mandar os convites pelo correio, com um bilhete pessoal e com outro envelope para o endereço.

O prazo educado para a entrega dos convites é de pelo menos 45 dias de antecedência, mas o ideal é entregá-los com dois meses antes da cerimônia, e nunca a menos de duas semanas da festa.

Previna-se

Para evitar contratempos, prepare seus convites com antecedência, já que a impressão demora entre dez dias e um mês. E não tenha pressa: peça provas, faça vários orçamentos e testes. Não se esqueça, também, de pedir convites extras, para o caso de você esquecer alguém.

Consultoria
Daniele Nudelmann Convites
Foto convite: CDAM Convites

COMPARTILHAR